Royal Enfield chega ao Brasil

Grupo de discussão geral sobre motos.
Avatar do usuário
Bira
Motoqueiro
Mensagens: 3439
Registrado em: 12 Fev 2015, 11:58
Localização: Guará, DF, Brasil

Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Bira » 11 Nov 2019, 20:42

Então.

Depois do rolê de hoje sob um sol de mais de 30 graus o dia todo to com os braços bicolores... vermelho e branco kkkk

Vamo lá. Avaliação inicial depois de um total de 80km (30 ontem, 50 hoje isso com a Royal), lembrando que a minha Royal veio com algumas modificações , ou seja, não está 100% original. Está com pneus mistos (traseiro 120) , pinhão de 19 dentes, redline (ajustado pra ponteira esportiva que não tá montada nela mas tá vindo pelo correio - era mais fácil de enviar que o trambolho original que tá montado nela). Outro upgrade interessante tá nas manoplas “imitação da EMGO” com grip de raquete de tênis, que absorve MUITO BEM a vibração da moto. O guidão é da Bullet, pouca coisa mais elevado que o da Classic de fábrica.

Performance: não é uma moto rápida nem dá sustos. É muito dócil, fácil de pilotar demais. Na configuração atual a primeira marcha (putamente longa) corta entre 50 e 55kph. Acredito que uma original de fábrica (sem o pinhão alongado) corte nos 45 (no velocímetro, que pode ser bem otimista). Pro uso no anda e para do trânsito bastam primeira e segunda marchas. Isso torna a motoka extremamente fácil de pilotar até mesmo por principiantes. Senti que o ajuste do módulo redline com a ponteira original deixou a moto meio “amarrada” talvez ela se solte bem quando trocar o escapamento (só depois da vistoria de transferência). Também não dá tranco nas reduções... parece contraditório, mas ainda que vibrante ela é bem suave de pilotar.

Conforto: Com a “manoplinha absorvente” e a relação longa, dá pra andar a 100-110 (não quis testar além disso) e em que pese vibrar bastante, não chega a incomodar como incomodava, por exemplo, na XTE que tive há 10 anos. Ainda tem, nessa velocidade, uma folga (pequena é verdade) pra uma ultrapassagem. Acredito que chegue aos 130 no plano (na configuração atual com relação alongada). Vibra mas não parece que vão cair as obturações do dente. Repito, isso é na minha moto, uma sensação diferente de quando dei voltinha no quarteirão em uma 100% original há uns 4 anos. Vibração nos pés não incomoda, a pedaleira é BEM emborrachada. As botas devem ter ajudado também.

O banco além das molas tem uma boa camada de espuma, e é bem confortável. A posição das pedaleiras é neutra: nem tão avançada quanto uma custom, nem tão recuada como uma naked ou esportiva, ou mesmo uma big trail (apesar do banco mais alto da GSA, nela meu joelho ficava mais dobrado e isso cansava rápido) . O guidão poderia ser (pra mim) uns 3cm mais elevado (lembrando que é o da Bullet que já é mais alto que o da Classic) mas como ele não é tão afastado do banco como (por exemplo) na GSA é possível forçar uma postura ereta sem que os braços ou lombar me incomodem (lembrando que cada piloto tem seu biotipo - para referência tenho 1,81m, 85kg e musculatura de sedentário - musculatura totalmente frouxa exceto as pernas acostumadas a segurar a Indian de 430kg hehehehe).

A suspensão é ideal para o porte da moto , peguei umas ruas com piso bem ondulado e não me incomodou.

Maneabilidade: pra quem está acostumado a andar (no trânsito) com uma Touring de 430kg, é uma Mobilete. Mas como tenho outras referências de moto (Sportster, Dyna, Tiger 1050, GSA 1200, Bandit, Burgman 400, Intruder 250 etc) dá pra fazer uma avaliação mais ponderado. Eu diria que no trânsito tem a agilidade e maneabilidade da XTZ 125 (descontada a suspensão de trail), performance da Intruder 250 (um pouco melhor que a 250), final de Falcon (chega a 130 com certeza, talvez 140 na descida). A posição de pilotagem com o banco sela, apesar do tanque entre as pernas, lembra de algumas scooters... assim como o comportamento ao mudar de faixa por exemplo por conta do entre eixos curto.

É um “CG Bolão”.

Visual: nem com a Indian no trânsito tanta gente (motoqueiros no sinal e motoristas) me perguntou sobre a moto. Pode ser que a balsona intimide, o povo fique sem graça de perguntar, sei lá. Mas só hoje foram 4. A moto é um charme, a patroa achou “muito fofa” . Mesmo os que não interagiram comigo eu vi uns três apontando e dizendo “olha essa Royal” ou “que motinha legal”.

O que me incomodou: bom é uma moto bem pelada, fora injeção e ABS não tem nada. Não tem conta-giros (nem precisa, pilota de ouvido), não tem marcador de combustível (só luz reserva) nem ao menos um odômetro parcial. Ou seja, tem que registrar a km total a cada abastecimento e não pode esquecer kkkk. Começou a acender a reserva ao frear (o ex dono me disse que era esperado - ele já tinha gastado uma gasolina, o último abastecimento foi a 150km daqui) e quando acender de vez eu abasteço e começo a ver o consumo (mas que um parcial faz falta isso faz). O painel tem posição legível, mas sob o sol é impossível ver as luzes espia (teve horas que eu simplesmente não sabia se a seta tava ligada ou não - tive que tapar o painel com a luva pra ter certeza) e um detalhe de moto toda cromada - sob sol o reflexo vem direto nos olhos kkkkk são as únicas “ressalvas” (pra não dizer reclamações) com a moto mas são parte do conceito “roots” da tranqueirinha.

É isso, é uma moto “roots”. Simpática, bonitinha, e tira um baita sorriso da cara de quem pilota.

Mordi a língua, admito. A motinha é divertida demais. Gostei muito.















Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Abç,
Bira

“A vida é como um jardim. Momentos perfeitos podem ser desfrutados, mas não preservados, exceto na memória.” - Leonard Nimoy (1931-2015)
Avatar do usuário
Leandro
Dinossauro
Mensagens: 5422
Registrado em: 24 Dez 2007, 19:14
Localização: SC

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Leandro » 12 Nov 2019, 09:32

Samerda tem PEDAL DE PARTIDA???? PQP
Vai me dizer que tem carburador, freio a tambor e platinado??????
Serra do Rio do Rastro: quintal de casa.
Vida longa aos mamutes!
Avatar do usuário
Optimus Leo
Mito
Mensagens: 20120
Registrado em: 14 Jun 2008, 17:52
Localização: Capital do grau e corte

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Optimus Leo » 12 Nov 2019, 09:54

"Moto roots" : gourmetização para chamar uma CG peladona do Apu
E melhor ser um corredor por 5 minutos, do que um espectador por toda uma vida.
Frizione a secco / Amici del bicilindrico
"Without RACING, there is no HONDA" Soichiro Honda
Nina escreveu: acho que deveria ser criado um outro FOL. os fãs do optimus leo.
Avatar do usuário
Helder.soares
Dinossauro
Mensagens: 7991
Registrado em: 09 Jul 2009, 10:10
Localização: Mundo de OZ - SP

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Helder.soares » 12 Nov 2019, 10:32

cara.. eu vejo essas royal einfeld como uma cb400 que vibra, tem menos conforto e anda menos.. estou correto?
"É fazendo merdas que adubamos a história de nossa existência"
Avatar do usuário
Bira
Motoqueiro
Mensagens: 3439
Registrado em: 12 Fev 2015, 11:58
Localização: Guará, DF, Brasil

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Bira » 12 Nov 2019, 10:41

Leandro escreveu:
12 Nov 2019, 09:32
Samerda tem PEDAL DE PARTIDA???? PQP
Vai me dizer que tem carburador, freio a tambor e platinado??????
tem pedal, tem partida elétrica, tem freio a disco nas duas rodas, tem ABS, tem injeção eletrônica. pra rodar na cidade precisa mais algo que isso?

haters gonna hate
Editado pela última vez por Bira em 12 Nov 2019, 10:45, em um total de 2 vezes.
Abç,
Bira

“A vida é como um jardim. Momentos perfeitos podem ser desfrutados, mas não preservados, exceto na memória.” - Leonard Nimoy (1931-2015)
Avatar do usuário
b0fh
Bastard operat0r
Mensagens: 28525
Registrado em: 24 Dez 2007, 09:53
Contato:

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por b0fh » 12 Nov 2019, 10:43

quanto mimimi

aiiiin mas tem pedal de partida
aaaainnn cg do apu gourmetizada
aiiin cb400 q vibra

que parte de ROOTS vcs não entenderam? não precisa responder, pergunta retórica. nutellinha nunca vai entender mess.
-
"The greatest trick the Devil ever pulled was convincing the world he didn't exist."
Avatar do usuário
Bira
Motoqueiro
Mensagens: 3439
Registrado em: 12 Fev 2015, 11:58
Localização: Guará, DF, Brasil

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Bira » 12 Nov 2019, 10:45

b0fh escreveu:
12 Nov 2019, 10:43
quanto mimimi

aiiiin mas tem pedal de partida
aaaainnn cg do apu gourmetizada
aiiin cb400 q vibra

que parte de ROOTS vcs não entenderam? não precisa responder, pergunta retórica. nutellinha nunca vai entender mess.
haters gonna hate né Bofh.
Abç,
Bira

“A vida é como um jardim. Momentos perfeitos podem ser desfrutados, mas não preservados, exceto na memória.” - Leonard Nimoy (1931-2015)
Avatar do usuário
Kuati
Mito
Mensagens: 22078
Registrado em: 24 Dez 2007, 17:24
Localização: Cianorte - PR

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Kuati » 12 Nov 2019, 11:02

Helder.soares escreveu:
12 Nov 2019, 10:32
cara.. eu vejo essas royal einfeld como uma cb400 que vibra, tem menos conforto e anda menos.. estou correto?
Tem ABS e te dará bem menos dor de cabeça q qquer CB400 q vc encontrará hj.
Comparação difícil, pois a CB400 em sua época era moto de elite endinheirada.

Tem q ler mais o começo do tópico pra entender, a questão é o q cara q compra essas nakeds não querem a comunzice de uma Fazer 250, alguns até curtem o fato delas quebrarem pra terem história pra contar, é outro público.

Já a conversa sobre a trail da Royal, a Himalayan, aí é diferente, pois a moto vibra pouco e é bem mais fiável.

[ ]'s
Imagem
Avatar do usuário
Saurus
Mito
Mensagens: 19063
Registrado em: 26 Dez 2007, 09:39
Localização: Nova Friburgo e Rio de Janeiro

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Saurus » 12 Nov 2019, 11:04

Bira escreveu:
11 Nov 2019, 16:54
Saurus escreveu:
Bira escreveu:
10 Nov 2019, 21:20
Chegou a tranqueirinha.

...mas diferentemente do teste que fiz há anos que foi só uma volta no quarteirão, hoje rodei 20km com ela e, acreditem: gostei. Motinha gostosa e divertida.

Depois de mais alguns dias de convivência vou poder passar impressões mais embasadas.

...
Vai acabar casando com a porra da moto... Pilotei por alguns quarteirões e xonei na bagaça, imagina se ponho uma na garagem... :lol:
50km depois já pedi em casamento kkkkk

Da outra vez dei só voltinha no quarteirão e fiquei falando mal. Dessa vez andei mais tempo. Gostei demais.

...
Tô dizeeeendo....Eu sabia.... :lol: ;-)
Nihil ego fecit. Sic erat cvm ego ad hic.
Ad corniger omnes poena parva est.
Timet farcimen canis icti per serpens.
Non posse avxilivm pertvrbare. Ad participandvm svmmvm est.
Nvllo desiderio qvi pictis zebra mirari reliqvvm tinxere.
Melivs est qvam contendere cooperandi
Avatar do usuário
Kuati
Mito
Mensagens: 22078
Registrado em: 24 Dez 2007, 17:24
Localização: Cianorte - PR

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Kuati » 12 Nov 2019, 11:20

Parabéns Bira!!! Acho legal demais essa moto como veículo dos outros, afinal do comum já estamos de saco cheio, e é isso aí mesmo, moto pra quem gosta de moto e não quer só um meio de transporte.

[ ]'s
Imagem
Avatar do usuário
Optimus Leo
Mito
Mensagens: 20120
Registrado em: 14 Jun 2008, 17:52
Localização: Capital do grau e corte

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Optimus Leo » 12 Nov 2019, 11:30

"Moto pra quem gosta de moto"...essa frase não tem sentido nenhum, parece frase que nego repete para se consolar de ter uma moto ruim e inferior as concorrentes

Quem gosta de moto pode curtir uma moto moderna, performance, economica, comforto...mas ficam falando como que pra gostar de moto tem que gostar de passar perrengue, de uma bosta antiquada, que vibra, que não curva, não freia, beberrona, etc...

Tem nego que gosta de Fusca (mesmo sendo um lixo de carro), não precisa ficar justificando que é "carro pra quem gosta de carro" para justificar um Fusca sobre um HB20...
E melhor ser um corredor por 5 minutos, do que um espectador por toda uma vida.
Frizione a secco / Amici del bicilindrico
"Without RACING, there is no HONDA" Soichiro Honda
Nina escreveu: acho que deveria ser criado um outro FOL. os fãs do optimus leo.
Avatar do usuário
Bira
Motoqueiro
Mensagens: 3439
Registrado em: 12 Fev 2015, 11:58
Localização: Guará, DF, Brasil

Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Bira » 12 Nov 2019, 11:43

Kuati escreveu:
Helder.soares escreveu:
12 Nov 2019, 10:32
cara.. eu vejo essas royal einfeld como uma cb400 que vibra, tem menos conforto e anda menos.. estou correto?
Tem ABS e te dará bem menos dor de cabeça q qquer CB400 q vc encontrará hj.
Comparação difícil, pois a CB400 em sua época era moto de elite endinheirada.

Tem q ler mais o começo do tópico pra entender, a questão é o q cara q compra essas nakeds não querem a comunzice de uma Fazer 250, alguns até curtem o fato delas quebrarem pra terem história pra contar, é outro público.

Já a conversa sobre a trail da Royal, a Himalayan, aí é diferente, pois a moto vibra pouco e é bem mais fiável.

[ ]'s
Esse negócio de “ter história pra contar” não é minha praia. Manutenção preventiva em dia pra não quebrar.

A minha tá com 19500km e era de um cara tão neurótico com manutenção quanto eu. O cara tb tem uma Ultra e só trocou a Royal na BMW porque vai fazer uma viagem pro Ushuaia.

Sobre o conforto, pessoalmente achei mais confortável que a CB400 (em que pese eu ter pilotado uma CB400 quando eu ainda era obeso mórbido). A pedaleira na CB é mais elevada (incomoda) e o banco da CB é uma tábua.

Vibra mas não é absurdo não. Já tive uma XTE 600 e a vibração dela incomodava bem mais que na Royal . Claro que o fato da Xt usar pedaleiras de trail (sem a camada generosa de borracha que vem na pedaleira da RE) ajudava a transmitir mais a vibração.

Com uma moto desse porte, pra que cargas d’água eu vou querer andar a mais de 120? Tem um pessoal que curte viajar nessas motinhas mas pra mim vai ser só pra cidade mesmo. Pra viajar tenho minha mega jaca.

E vale lembrar: eu não peguei meu dinheiro e fui lá na loja comprar a moto. Peguei ela na troca de uma moto que tava encalhada há meses (moto foda, a mais tecnológica que já tive, mas não era minha praia - a GSA - mas que ninguém queria comprar porque brasileiro tem nojinho de moto com mais de 40 mil km). Então topei pegar a motoka, mais barata (praticamente metade do valor da BMW) e teoricamente mais fácil de vender. O que eu não esperava é que fosse gostar dela tanto assim ao ponto de NÃO querer vender. eu tava achando que essa moto ia entrar na minha garagem, eu ia transferir a propriedade e colocar imediatamente à venda.

Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Editado pela última vez por Bira em 12 Nov 2019, 12:21, em um total de 1 vez.
Abç,
Bira

“A vida é como um jardim. Momentos perfeitos podem ser desfrutados, mas não preservados, exceto na memória.” - Leonard Nimoy (1931-2015)
Avatar do usuário
Kuati
Mito
Mensagens: 22078
Registrado em: 24 Dez 2007, 17:24
Localização: Cianorte - PR

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Kuati » 12 Nov 2019, 12:00

Esse lance de falar "Moto pra quem gosta de moto" é mais a imagem q o cara vai passar.

Uma new Twister provavelmente é melhor que essas RE em praticamente tudo, deve perder na maciez do banco e olha lá...

Mas para muitos não há graça em se andar numa moto comum como uma Twister, para o grande público ela passa a impressão de ser só um meio de transporte, não é espalhafatosa, não chama a atenção.

Já uma RE o cara grita "Olha aí como eu curto motoca, eu GOSTO mesmo das duas rodas, não quero ser mais um da manada...".
É o famoso "tirar onda", como o Bira fez ao ligar a moto no pedal ao invés de no botão, e tem q ser muito ranzinza para não se divertir com esses lances.

E convenhamos, quem compra um trem desses sabendo de todos os problemas e características, se não curtir mesmo motos eu não saberia dizer quem curte.

[ ]'s
Imagem
Avatar do usuário
Bira
Motoqueiro
Mensagens: 3439
Registrado em: 12 Fev 2015, 11:58
Localização: Guará, DF, Brasil

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Bira » 12 Nov 2019, 12:19

Kuati escreveu:
12 Nov 2019, 12:00
Esse lance de falar "Moto pra quem gosta de moto" é mais a imagem q o cara vai passar.

Uma new Twister provavelmente é melhor que essas RE em praticamente tudo, deve perder na maciez do banco e olha lá...

Mas para muitos não há graça em se andar numa moto comum como uma Twister, para o grande público ela passa a impressão de ser só um meio de transporte, não é espalhafatosa, não chama a atenção.

Já uma RE o cara grita "Olha aí como eu curto motoca, eu GOSTO mesmo das duas rodas, não quero ser mais um da manada...".
É o famoso "tirar onda", como o Bira fez ao ligar a moto no pedal ao invés de no botão, e tem q ser muito ranzinza para não se divertir com esses lances.

E convenhamos, quem compra um trem desses sabendo de todos os problemas e características, se não curtir mesmo motos eu não saberia dizer quem curte.

[ ]'s
é bem isso mesmo Quati.

Concordo em gênero número e grau contigo.

Uma new twister é tecnicamente melhor em tudo. Mas tem a mesma graça que uma RE? Depende. Pra quem não gosta do fator "antiguidade", vai achar a Twister muito melhor que a RE e não vai ver graça nenhuma na RE (como eu mesmo não via há alguns meses). Pra quem curte o fator "nostalgia" ou estilo diferenciado ou o que quer que seja, vai curtir a RE muito mais que a Twister, mesmo que ela seja tecnicamente e tecnologicamente pior em.... tudo.

São motos diferentes para públicos diferentes. Não adianta querer comparar. O cara pode gostar de moto e preferir moto tecnológica, já outros podem gostar de moto e serem totalmente avessos à tecnologia além do mínimo essencial (por exemplo, hoje pra mim é impensável uma moto que não tenha injeção eletrônica, partida elétrica e freios ABS pelo menos).

(aliás, sobre o pedal, é só pra tirar onda mesmo! mais fácil é dar a partida elétrica, que ela TEM).

E a parte final, eu complemento: um cara que não gosta de moto mas compra uma moto dessa "só pra dizer que anda de moto" sabendo de todas as falhas de projeto que ela tem, depois de um tempo vai desistir do brinquedo e... provavelmente das motos. (nada muito diferente de alguns dos que compram harley). Já como você falou, um cara que curte moto, compra uma moto dessas sabendo de todos os defeitos que tem e curte mesmo assim... se não gosta de moto não sei do que gosta (o que não significa que quem gosta de moto mas não gosta da royal não gosta de moto pô).

Então, não necessariamente um cara que gosta de moto vai gostar da RE... mas um cara que gosta de RE definitivamente gosta de moto.

É tipo quem compra V-Strom, só que por motivos totalmente diferentes kkkk. Se você vê alguém andando de V-Strom pode ter certeza que é alguém que de fato gosta de moto.
Editado pela última vez por Bira em 12 Nov 2019, 12:23, em um total de 1 vez.
Abç,
Bira

“A vida é como um jardim. Momentos perfeitos podem ser desfrutados, mas não preservados, exceto na memória.” - Leonard Nimoy (1931-2015)
Avatar do usuário
Saurus
Mito
Mensagens: 19063
Registrado em: 26 Dez 2007, 09:39
Localização: Nova Friburgo e Rio de Janeiro

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Saurus » 12 Nov 2019, 12:22

Kuati, você já guiou uma RE Classic 500 de 2018 em diante?
Nihil ego fecit. Sic erat cvm ego ad hic.
Ad corniger omnes poena parva est.
Timet farcimen canis icti per serpens.
Non posse avxilivm pertvrbare. Ad participandvm svmmvm est.
Nvllo desiderio qvi pictis zebra mirari reliqvvm tinxere.
Melivs est qvam contendere cooperandi
Avatar do usuário
Bira
Motoqueiro
Mensagens: 3439
Registrado em: 12 Fev 2015, 11:58
Localização: Guará, DF, Brasil

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Bira » 12 Nov 2019, 12:24

Saurus escreveu:
12 Nov 2019, 12:22
Kuati, você já guiou uma RE Classic 500 de 2018 em diante?
nem eu guiei. a minha é 2017.
Abç,
Bira

“A vida é como um jardim. Momentos perfeitos podem ser desfrutados, mas não preservados, exceto na memória.” - Leonard Nimoy (1931-2015)
Avatar do usuário
Russo
Mito
Mensagens: 16978
Registrado em: 23 Dez 2007, 21:34
Localização: CWB-PR-BR

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Russo » 12 Nov 2019, 12:42

Kuati escreveu:
12 Nov 2019, 12:00
Esse lance de falar "Moto pra quem gosta de moto" é mais a imagem q o cara vai passar.

Uma new Twister provavelmente é melhor que essas RE em praticamente tudo, deve perder na maciez do banco e olha lá...

Mas para muitos não há graça em se andar numa moto comum como uma Twister, para o grande público ela passa a impressão de ser só um meio de transporte, não é espalhafatosa, não chama a atenção.

Já uma RE o cara grita "Olha aí como eu curto motoca, eu GOSTO mesmo das duas rodas, não quero ser mais um da manada...".
É o famoso "tirar onda", como o Bira fez ao ligar a moto no pedal ao invés de no botão, e tem q ser muito ranzinza para não se divertir com esses lances.

E convenhamos, quem compra um trem desses sabendo de todos os problemas e características, se não curtir mesmo motos eu não saberia dizer quem curte.

[ ]'s
Imagem
Bira escreveu:
12 Nov 2019, 12:19
é bem isso mesmo Quati.

Concordo em gênero número e grau contigo.

Uma new twister é tecnicamente melhor em tudo. Mas tem a mesma graça que uma RE? Depende. Pra quem não gosta do fator "antiguidade", vai achar a Twister muito melhor que a RE e não vai ver graça nenhuma na RE (como eu mesmo não via há alguns meses). Pra quem curte o fator "nostalgia" ou estilo diferenciado ou o que quer que seja, vai curtir a RE muito mais que a Twister, mesmo que ela seja tecnicamente e tecnologicamente pior em.... tudo.

São motos diferentes para públicos diferentes. Não adianta querer comparar. O cara pode gostar de moto e preferir moto tecnológica, já outros podem gostar de moto e serem totalmente avessos à tecnologia além do mínimo essencial (por exemplo, hoje pra mim é impensável uma moto que não tenha injeção eletrônica, partida elétrica e freios ABS pelo menos).

(aliás, sobre o pedal, é só pra tirar onda mesmo! mais fácil é dar a partida elétrica, que ela TEM).

E a parte final, eu complemento: um cara que não gosta de moto mas compra uma moto dessa "só pra dizer que anda de moto" sabendo de todas as falhas de projeto que ela tem, depois de um tempo vai desistir do brinquedo e... provavelmente das motos. (nada muito diferente de alguns dos que compram harley). Já como você falou, um cara que curte moto, compra uma moto dessas sabendo de todos os defeitos que tem e curte mesmo assim... se não gosta de moto não sei do que gosta (o que não significa que quem gosta de moto mas não gosta da royal não gosta de moto pô).

Então, não necessariamente um cara que gosta de moto vai gostar da RE... mas um cara que gosta de RE definitivamente gosta de moto.

É tipo quem compra V-Strom, só que por motivos totalmente diferentes kkkk. Se você vê alguém andando de V-Strom pode ter certeza que é alguém que de fato gosta de moto.
Imagem
Imagem
Betão Atibaia escreveu: Sou velho de fórum tb, já não bato tambor pra louco dançar...
Avatar do usuário
Bonaparte
Motociclista
Mensagens: 1034
Registrado em: 09 Nov 2009, 23:41
Localização: São Paulo

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Bonaparte » 12 Nov 2019, 15:07

Mas qual motivo de tanta gente que não tem, reclamar da motoquinha?

Não gostou, é só não comprar.
Ninguém te obrigar a ter uma, não precisa ter medo! rs

Abraço!
Bonaparte

Tornado - Shadow 750 - GS500
Avatar do usuário
Saurus
Mito
Mensagens: 19063
Registrado em: 26 Dez 2007, 09:39
Localização: Nova Friburgo e Rio de Janeiro

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Saurus » 12 Nov 2019, 15:20

Bonaparte escreveu:
12 Nov 2019, 15:07
Mas qual motivo de tanta gente que não tem, reclamar da motoquinha?

Não gostou, é só não comprar.
Ninguém te obrigar a ter uma, não precisa ter medo! rs

Abraço!
:rof:

Eu ri mas é vero. Simples assim.
Nihil ego fecit. Sic erat cvm ego ad hic.
Ad corniger omnes poena parva est.
Timet farcimen canis icti per serpens.
Non posse avxilivm pertvrbare. Ad participandvm svmmvm est.
Nvllo desiderio qvi pictis zebra mirari reliqvvm tinxere.
Melivs est qvam contendere cooperandi
Avatar do usuário
Bira
Motoqueiro
Mensagens: 3439
Registrado em: 12 Fev 2015, 11:58
Localização: Guará, DF, Brasil

Re: Royal Enfield chega ao Brasil

Mensagem por Bira » 12 Nov 2019, 15:29

Bonaparte escreveu:
12 Nov 2019, 15:07
Mas qual motivo de tanta gente que não tem, reclamar da motoquinha?

Não gostou, é só não comprar.
Ninguém te obrigar a ter uma, não precisa ter medo! rs

Abraço!
pois não é?

famosa história do povo que quer gozar com o pau dos outros.

"ain eu não gosto da sua moto então se você tem uma você é um idiota"
"só as motos que eu gosto que são legais, o resto é lixo mimimi".
Abç,
Bira

“A vida é como um jardim. Momentos perfeitos podem ser desfrutados, mas não preservados, exceto na memória.” - Leonard Nimoy (1931-2015)
Responder