HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Tópicos com dicas sobre elétrica, mecânica e conhecimento geral.
Avatar do usuário
Andrei
Motoqueiro
Mensagens: 2302
Registrado em: 27 Dez 2007, 14:58
Localização: Luanda - Angola

HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por Andrei » 11 Abr 2010, 16:09

Tá de bobeira em casa nesse domingão ? que tal desmontar e dar um trato no carburador da moto ? precisa apenas de ferramentas básicas (chaves de fenda, boca e etc) e disposição... é bom ter uma noçãozinha de mecânica básica...

claro que cada carburador tem suas características, mas o princípio de funcinamento é o mesmo em todos... mudam as posições dos componentes, mas funcionam da mesma forma... as fotos são só para ilustrar, já que são os Mikuni da minha Cagiva Elefant 750... para quem tem Super T, são os mesmos...

PARTE I

Inicialmente prepare um local para fazer o serviço, lembre-se que a coisa demora e que talvez não dê para terminar tudo no mesmo dia. Assim é bom selecionar um local onde ninguém vai mexer e vc poderá deixar tudo para terminar depois.

O ideal é que a moto esteja limpa. Se não estiver, providencie uma limpeza simples, principalmente onde ficam os carburadores, isso vai melhorar e facilitar o trabalho. Aqui é meu cantinho da bagunça:

Imagem

Retire a maior quantidade possível da gasolina que estiver no tanque. Para isso, basta soltar a mangueira de saída do tanque (a da torneira), colocar dentro de um recipiente e abrir o registro e esperar esgotar.

Retire o banco, tanque e carenagens. Guarde todos os parafusos em uma caixinha ou bandeja plástica ou de metal. Se necessário, organize-os para que não se misturem com outros diferentes (ex: os parafusos da carenagem em um cantinho e outros parafusos em outro)

Retire o cabo do acelerador, basta puxar a parte de metal onde o cabo se encaixa, como se estivesse acelerando tudo (foto à direita), e posicionar o cabo de maneira que ele desengate pela ranhura, liberando o cabo. Afrouxe também a porca de fixação do cabo.

Imagem Imagem

Faça o mesmo com o cabo do afogador.

Retire os respiros do carburador (se houver) e desconecte a(s) mangueira(s) de combustível. Solte as braçadeiras que prendem a caixa do filtro ao carburador e retire toda a caixa do filtro de ar.

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Cuidado para não forçar nada, tudo tem que sair sem stress... Se estiver difícil soltar alguma coisa, não force demais, verifique se não tem nada emperrando, se vc soltou todos os parafusos mesmo, se não tem nada travando. O objetivo é 0 (zero) TRAUMA.

Solte as braçadeiras de fixação do carburador ao coletor, na parte que elas prendem o carburador. Não é necessário removê-las do coletor, a não ser que esteja difícil retirar o carburador.

Imagem
Imagem

Certifique-se que não há mais nada presos ao(s) carburador(es), retire o(s) com cuidado. Se for mais de um carburador, retire-os conjugados. Deixe para separá-los na bancada.

Imagem
Imagem

Comece a guardar os parafusos e porcas. Sempre rosqueie a porca no respectivo parafuso para não perder, depois de desmontado o item. Não adianta achar que vc vai lembrar de onde é depois, VC NÃO VAI LEMBRAR. Se quiser, faça um desenho rabiscado, um croqui dos componentes e vá colocando os parafusos em cima, isso ajudará a saber de onde eles são.

Solte o suporte dos cabos de aceleração e do afogador, se for o caso.

Imagem
Imagem

Encontre o(s) ponto(s) onde os carburadores são fixados entre si e afrouxe. Aqui vc já pode separá-los ou não. Depende se isso vai facilitar o serviço. Eu acho melhor tirar as cubas com eles unidos, mas é questão de gosto.

Imagem

Cuidado que, após retirar a união, existe uma mola que une as duas borboletas. É aqui que elas são equalizadas (colocadas pra trabalhar na mesma posição). Cuidado pra mola não sair voando ao separar os carburadores.

Imagem

Retire os parafusos de drenagem, drene o combustível em um recipiente e, após isso, solte os parafusos das cubas e retire-as.

Imagem
Imagem
Imagem

Rerire a bóia e suporte e a válvula estilete e separe todo o conjunto
Imagem

ImagemImagemImagemImagem

Atente para a posição de montagem. Se preferir, desmonte um conjunto de cada vez, assim vc pode usar o outro para se orientar, se tiver dúvida na montagem.

No caso da Cagiva, solte as travinhas plásticas que prendem o afogador, deslize-as para o lado e retire o conjunto de acionamento

Imagem

Solte as tampas dos diafragmas de vácuo e retire-as, juntamente com as molas, guilhotinas e agulhas. Dê um jeito de separar as peças, para que não se misturem e possam ser montadas nos carburadores respectivos. Não é conveniente trocá-las de carburador.

ImagemImagemImagemImagem

Não mexa na trava da agulha, a não ser que vc queira ajustar a quantidade de combustível. Baixando a trava, vc estará levantando a agulha e, consequentemente, enriquecendo a mistura. Levantando a trava, faz-se o contrário.
ImagemImagemImagemImagem

Retire os orings da carcaça do carburador onde fica a tampa do diafragma.
ImagemImagem

Retire as agulhas de regulagem da mistura de marcha lenta. No caso da Cagiva, cada agulha possui uma mola, uma arruela separadora e um oring. Na foto abaixo dá pra ver um Oring estourado, culpa da gasolina uruguaia. Separe as agulhas para não trocá-las de lugar depois.

ImagemImagemImagemImagem

Alguns carburadores possuem bomba de injeção para aceleração rápida, outros possuem dispositivo adicional de potência. Seja como for, vá desmontando tudo e separando. No caso da Cagiva não tem bomba de aceleração, mas tem dispositivo de potência, que nada mais é que um diafragma que libera mais combustível em situação de aceleração máxima.

ImagemImagemImagemImagem

Retire também todos os giclês. Como são de latão, às vezes emperram no lugar. Se estiver ruim de retirar, deixe quieto, dá pra limpá-los da mesma forma.

ImagemImagemImagemImagem

Se for possível, retire o tubo misturador principal.

Imagem
Imagem
Imagem

Se deu tudo certo até aqui, deveremos estar com a carcaça do carburador com a borboleta de aceleração montada. Não é necessário desmontar mais nada. Agora começa a segunda fase, que é limpeza e inspeção dos componentes. Providencie pincel, escovinha e uma bandeja com gasolina. Não use thiner, diesel ou outro tipo de solvente. Use um pouco da gasolina que vc retirou do tanque. Cabos, engrenagens e outros itens que sejam lubrificados podem ser limpos com querosene.

ImagemImagem

Limpe e escove bem todos os componentes, inclusive os carburadores por fora e por dentro, até onde o pincel/escova alcançar. Após lavar os diafragmas, seque-os com um pedaço de pano macio. Deixe tudo sobre um jornal para que a gasolina escorra e tudo seque bem. Se vc tiver um compressor de ar, aí sim a limpeza vai ser perfeita.
Enquanto as peças do carburador secam, aproveite e lave a caixa do filtro de ar e as mangueiras de borracha com água e detergente neutro. Desmonte o que der e lave bem.

Imagem

É bom também desmontar o punho do acelerador e limpar com querosene.

ImagemImagem

Depois de secar tudo, comece a inspecionar minuciosamente todos os componentes.

Verifique os diafragmas, se não estão furados, colocando contra uma lâmpada, procurando furos ou pequenos rasgos.

As agulhas não podem estar com riscos fundos, as borboletas de aceleração devem fechar e abrir completamente e com movimento livre, os parafusos de mistura não podem estar com pontas amassadas ou tortas, nenhum giclê deve estar “arrombado” ou obstruído.

As bóias não podem conter gasolina em seu interior, nem “encharcadas”, devem estar leves. Se forem de material poroso, aperte-as com uma chave de fenda. Se ao soltar a chave, minar combustível, como se fosse uma esponja, devem ser substituídas.

Lembre que o carburador é feito de uma liga de antimônio. Não aperte demais os parafusos que pode rachar o corpo do carbura.

Se suspeitar de algum furo entupido, uma agulha ou uma corda de violão fina é o ideal para passar no local.
A válvula estilete não pode estar com a ponta amassada. Para testar a estanqueidade, monte o conjunto e, vá levantando a bóia, ao mesmo tempo em que sopra na entrada de combustível. A válvula deve fechar totalmente a passagem, sem força na bóia. Após isso, chupe o ar e coloque a língua no tubo. A língua deve ficar presa, isso significa que a válvula está perfeita. Teste uma de cada vez.

ImagemImagem

ImagemImagem

Se vc possuir uma fonte de ar comprimido, passe em toda a carcaça do carburador, forçando a passagem em todos os orifícios, em especial nos orifícios de progressividade, que são esses furos pequenos que existem na linha da borboleta de aceleração. Eles servem para permitir uma passagem de gasolina com a borboleta semi-cerrada, quando o vácuo ainda é pequeno para trazer o combustível do difusor principal. Eles são responsáveis por uma aceleração progressiva e suave, partindo da marcha lenta. Veja na foto os três orificios de progressividade na marca da borboleta e o furo da marcha lenta, um pouco abaixo.

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Inspecione as juntas e todos os Orings. Não é necessário retirar as juntas, se não houver vazamentos. Basta limpá-las no local mesmo com um pincel e gasolina. Cuidado ao soprar com ar, pois elas podem sair e rasgar. Use e abuse do WD40, ele é muito bom para limpar também.

ImagemImagem

Limpe as conexões “T”de combustível com uma escova ou cotonete, depois assopre ou passe ar comprimido.

Teste a estanqueidade da cuba, colocando o parafuso de drenagem e enchendo com um pouco de gasolina. Não aperte demais o parafuso, sob pena de rachar o assentamento. Deixe alguns minutos e observe se vazou combustível.

Imagem
Imagem

Aplique óleo de máquina ou óleo de motor em todos os eixos dos mecanismos que possuem movimento.

Imagem

PARTE III – MONTAGEM E REGULAGEM

Monte o carburador seguindo os passos contrários ao da desmontagem, tomando os seguintes cuidados:
- Borrife WD40 nas juntas e nos diafragmas.
- Lubrifique os Orings com vaselina. Use também no eixo do afogador. Monte o afogador no local e junte os carburadores, prendendo o parafuso da junção. Lubrifique o eixo do afogador com vaselina e tome cuidado para encaixar os dois pistoes corretamente. Eles tem que entrar ao mesmo tempo.

ImagemImagemImagemImagem

- Ao colocar a mola do parafuso de equalização, afrouxe todo o parafuso de regulagem e depois “espete” ela com uma chave de fenda para colocá-la no local, assim:

Para equalizar é simples, não é necessário vacuômetro se vc está com os carbs desmontados, pois é possível fazer no “olho”. Com os carbs um pouco abaixo da altura dos olhos, sobre a mesa, observe as borboletas dos dois carburadores ao mesmo tempo, e use os furos de progressividade como referência para deixá-las com a mesma abertura. Vá girando o parafuso de equalização e acionando as borboletas com a mão, no local onde passa o cabo, e vá observando se elas estão iguais. Pode usar o parafuso de ajuste da marcha-lenta também para obter uma precisão maior no ajuste. Veja as fotos.

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Coloque os giclês e Monte os conjuntos de bóias com cuidado, tampe as cubas e recoloque os pistonetes, molas e diafragmas. Feche tudo. Se vc teve problemas para retirar parafusos Phillips ou Fenda, substitua-os por parafusos Allen, vc nunca mais terá dor de cabeça. Para retirar parafusos Phillips que não querem sair, talvez vc possa “ajudá-los” com uma micro-retífica ou serra de metal. Basta fazer uma “fendona” e meter a chave:

ImagemImagem

Continuando a regulagem, recoloque os parafusos da mistura, untando-os com óleo spray ou de máquina. Aperte tudo e afrouxe 2 voltas. Deixe assim para regular com o motor funcionando depois. Aperte o parafuso de marcha lenta até que o 1° orifício de progressividade seja descoberto. Deixe assim para acertar depois também.

Passe um pouco de vaselina na mangueira do coletor e monte os carburadores. Certifique-se de que assentaram perfeitamente.

Imagem

Antes de colocar os cabos do acelerador e afogador, lubrifique-os com óleo SAE 10 ou óleo de máquina. Use uma seringa e agulha para ajudar, basta inserir a agulha no vão entre o cabo e a capa e ir colocando óleo devagar.

Coloque os cabos e todas as mangueiras e conexões, bem como a caixa do filtro de ar.

Aperte as braçadeiras, e acerte o que falta.

Recoloque o tanque e carenagens.

Abra o combustível, espere um pouco para encher as cubas, acione o afogador e bata na partida.

O motor deve funcionar normalmente. Espere aquecer um pouco, se estiver muito acelerado, afrouxe um pouco o parafuso de regulagem da lenta. Deixe rotação em uns 1300-1500 RPM.

Assim que esquentar, bem, faça o seguinte:
- Se for motor de 1 cilindro:
. vá apertando o parafuso da mistura até o motor começar a morrer e então volte de 1 a 1 ½ volta.
. regule novamente o parafuso da marcha-lenta até a rotação ficar em torno de da aceleração recomendada pelo fabricante.

- Se for motor de 2 cilindros:
. desligue o motor e retire um cabo de vela. Coloque uma vela reserva no cachimbo, pois se não colocar nada vc corre o risco de queimar o CDI. Deixe a vela encostada nas aletas do cilindro.
. aperte um pouco o parafuso da lenta, para o motor não morrer. Funcione o motor e acerte mais a lenta, se for o coso.
. vá apertando o parafuso da mistura do carburador cujo cilindro está funcionando, até o motor começar a morrer e então volte de 1 a 1 ½ volta.
. repita o procedimento com o outro cilindro.
. regule novamente o parafuso da marcha-lenta até a rotação ficar em torno de da aceleração recomendada pelo fabricante.

AGORA, VÁ PARA A ESTRADA E SEJA FELIZ !!!! :-D :-D
Andrei
de bicicleta, por enquanto...
Avatar do usuário
whitedeath
Motociclista
Mensagens: 1206
Registrado em: 25 Dez 2007, 13:06
Localização: Limeira-SP

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por whitedeath » 11 Abr 2010, 16:19

Nossa que carburador limpinho kkkkkkkk
Fala sério se tinha que ver o do meu 1° carro em 2001 PQP aquilo sim era um carburador sujo fora que ele era vermelho de tanta porcaria que tinha na gasolina hauhauahua
"Os covardes morrem muitas vezes antes de sua verdadeira morte; os valentes provam a morte só uma vez."
Avatar do usuário
Tio Frei
Mito
Mensagens: 11596
Registrado em: 28 Dez 2007, 10:16
Localização: no aquém do além - RPC

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por Tio Frei » 11 Abr 2010, 16:30

Nota mil!

O [email protected] tá precisando de mais tóxicos assim!!

Valeu!
Avatar do usuário
zébuscapé
Motoqueiro
Mensagens: 2712
Registrado em: 05 Jul 2008, 22:28
Localização: Porto Alegre

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por zébuscapé » 11 Abr 2010, 17:19

Andrei parabéns... o da super é identico?
A elefant 900 Tb ou é diferente?

De qualquer forma adoro tópicos assim, pois gosto muito de fazer eu mesmo...

So recomendo colocar estas informações em link no xt600 tb pois vai ser muito útil...

ténéré...
De supertenere 750 ano 1997
Avatar do usuário
Anzolim
Dinossauro
Mensagens: 9784
Registrado em: 24 Dez 2007, 12:12

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por Anzolim » 11 Abr 2010, 17:56

Aproveitando o tópico, a minha moto fica pingando combustivel pelo respiro, qdo tá parada.
Este final de semana, fechei a torneira do combustivel e parou.
Quer dizer, pingou um tanto, durante a noite, depois parou.

Porque acontece isso? O q tá errado?
GRUPO DE TROPEIROS - HERANÇA DE BRAVOS
Avatar do usuário
giggio
Roda Presa
Mensagens: 859
Registrado em: 01 Fev 2008, 23:21
Localização: Bahia, sem ifra-estrutura-Que vergonha!

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por giggio » 11 Abr 2010, 18:40

Tio Frei escreveu:Nota mil!

O [email protected] tá precisando de mais tóxicos assim!!

Valeu!
x2

Tirou a minha da boca... :roll:










Digo, minhas palavras da boca! :lol:
Nunca estimule o mercado de peças usadas, ou no futuro a sua moto poderá ser a próxima "encomenda".
-
1998 - 2004 GS500E - Sold - 2007 - 2011 Bandit 650N Sold - Tô no MSM.
Avatar do usuário
Predator
Motoqueiro
Mensagens: 4908
Registrado em: 24 Dez 2007, 20:14
Localização: Big Field

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por Predator » 11 Abr 2010, 18:55

Excelente!!! ;-)
Parabéns pela iniciativa de compartilhar as informações!...
Imagem
Avatar do usuário
Sir Camelot
Motociclista
Mensagens: 1275
Registrado em: 15 Jan 2008, 12:26
Localização: Recife - PE

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por Sir Camelot » 11 Abr 2010, 19:37

Meu sonho é ter uma carburador pra mexer. :lol: :lol:

Excelente tutorial cara, muito bom!!! Gostei dos detalhes.
Bruno Camelo
Versatile System
Avatar do usuário
zébuscapé
Motoqueiro
Mensagens: 2712
Registrado em: 05 Jul 2008, 22:28
Localização: Porto Alegre

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por zébuscapé » 11 Abr 2010, 21:27

Anzolim escreveu:Aproveitando o tópico, a minha moto fica pingando combustivel pelo respiro, qdo tá parada.
Este final de semana, fechei a torneira do combustivel e parou.
Quer dizer, pingou um tanto, durante a noite, depois parou.

Porque acontece isso? O q tá errado?
Me metendo um pouco.. agulha e sede com sujeira ou gasta... talvez uma limpeza, mas provávelmente precise trocar... Eu sempre fecho as torneiras para não ficar fazendo pressão e reduzir a vida útil da seda e agulha.. ;-)
De supertenere 750 ano 1997
gabriel_sc
Roda Presa
Mensagens: 356
Registrado em: 10 Fev 2009, 14:39
Localização: Jaragua do Sul/SC

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por gabriel_sc » 11 Abr 2010, 21:38

Predator escreveu:Excelente!!! ;-)
Parabéns pela iniciativa de compartilhar as informações!...
X2


Uma vez desmontei o da cg pra limpar e adivinhem, não conseguia montar agulha :bomb:
"Evitar o perigo não é, a longo prazo, tão seguro quanto se expor ao perigo. A vida é uma aventura ousada ou, então, não é nada." (Helen Keller)
Avatar do usuário
alan-sc
Motoqueiro
Mensagens: 2708
Registrado em: 16 Jan 2009, 23:41
Localização: São Miguel do Oeste - SC
Contato:

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por alan-sc » 12 Abr 2010, 00:44

puts, primeiro topico útil que vejo a meses!!

parabens pelas fotos e dicas pro pessoal!

abraços
alan
Sem Moto...
Espero aguentar até ano que vem!
Avatar do usuário
Andrei
Motoqueiro
Mensagens: 2302
Registrado em: 27 Dez 2007, 14:58
Localização: Luanda - Angola

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por Andrei » 12 Abr 2010, 07:24

Valeu povo...

Zé, o carburador da Super T e o da Elefant 900 são iguais a esse... mudam o tamanho dos giclês apenas, mas o resto é igual...

Anzolim, como já disseram aí, ou é agulha/sede que não está vedando direito ou é bóia encharcada (pesada demais) ou ainda é o parafuso do dreno, mas se fosse esse último ainda sairia um pouco de combustível mesmo que vc fechasse a torneira (o que estivesse na cuba)...
Andrei
de bicicleta, por enquanto...
Avatar do usuário
Marcio-Bsb
Dinossauro
Mensagens: 6660
Registrado em: 25 Dez 2007, 01:44
Localização: Taguayork city

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por Marcio-Bsb » 12 Abr 2010, 07:33

parabens pelo trampo... o topico ficou muito bom e muito detalhado...

So não tentem fazer isso em casa: }:)

Imagem
Imagem
Avatar do usuário
Anzolim
Dinossauro
Mensagens: 9784
Registrado em: 24 Dez 2007, 12:12

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por Anzolim » 12 Abr 2010, 07:35

Andrei escreveu:ou ainda é o parafuso do dreno, mas se fosse esse último ainda sairia um pouco de combustível mesmo que vc fechasse a torneira (o que estivesse na cuba)...
Mas mesmo fechando a torneira, ainda sai um pouco sim..
vou ver isso...
GRUPO DE TROPEIROS - HERANÇA DE BRAVOS
Avatar do usuário
Andrei
Motoqueiro
Mensagens: 2302
Registrado em: 27 Dez 2007, 14:58
Localização: Luanda - Angola

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por Andrei » 12 Abr 2010, 07:43

Whitedeath, o carburador estava um pouco sujo sim, mas é que eu só tive a idéia de fotografar e fazer o tutorial depois que fiz a limpeza, aí tirei as fotos com as peças já limpas e quando fiz a montagem, ao invés de fotografar a desmontagem...

Márcio, vá arrumar um lote pra capinar... :-D :-D :-D

Anzolim, então é o parafuso do dreno ou a cuba que foi arrombada de tanto apertar demais... veja essa foto aqui:

Imagem

é o orifício de dreno.. tá vendo as rachaduras aí ? foram feitas por apertar demais o parafuso... aí ficava pingando... já consertei...
Andrei
de bicicleta, por enquanto...
Gaucho

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por Gaucho » 12 Abr 2010, 08:13

Andrei escreveu: Para equalizar é simples, não é necessário vacuômetro se vc está com os carbs desmontados, pois é possível fazer no “olho”. Com os carbs um pouco abaixo da altura dos olhos, sobre a mesa, observe as borboletas dos dois carburadores ao mesmo tempo, e use os furos de progressividade como referência para deixá-las com a mesma abertura. Vá girando o parafuso de equalização e acionando as borboletas com a mão, no local onde passa o cabo, e vá observando se elas estão iguais. Pode usar o parafuso de ajuste da marcha-lenta também para obter uma precisão maior no ajuste. Veja as fotos.
Andrei,

Equalizar é deixar o VÁCUO igual........ :no: a posição das borboletas

se tiver cilindro c + compressão q o outro.......... dá errado
se a parede dos buras não forem perfeitamente iguais........dá errado
se as borboletas não forem perfeitamente iguais........dá errado

qdo comecei a mexer em motos, fazia dessa mesma forma nas CBs 400/450....depois q comprei o VACUÔMETRO percebí q poderia ficar melhor.............e nas motos de 4Cil só ficava perfeito c o relógio

mas PARABÉNS PELO TÓPICO ;-)
Avatar do usuário
Medeiros Neto
Dinossauro
Mensagens: 6049
Registrado em: 24 Dez 2007, 08:48
Localização: Natal - RN

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por Medeiros Neto » 12 Abr 2010, 08:21

O carburador da XTZ 125 o máximo que fiz foi regular a mistura, e a marcha lenta, abrir um carburador assim e limpar, tenho coragem não. :lol: :lol: :lol:

Ótimo tópico mesmo. ;-)
Abraços Gente Boa !!! :beer:


XTZ 150 Crosser ED 2017
NC 700X ABS 2014
Avatar do usuário
Márcio
Motoqueiro
Mensagens: 4501
Registrado em: 24 Dez 2007, 18:47
Localização: Hortolândia- SP

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por Márcio » 12 Abr 2010, 10:33

Anzolim,

Vai atras das peças do carburador da GS500. Na minha troquei as sedes das agulhas que estavam estouradas.

O dono anterior era meio relaxado, sabe. }:)


Andrei,
;-)
Márcio

NC700X - SUV
Avatar do usuário
Anzolim
Dinossauro
Mensagens: 9784
Registrado em: 24 Dez 2007, 12:12

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por Anzolim » 12 Abr 2010, 11:53

Márcio escreveu:Anzolim,

Vai atras das peças do carburador da GS500. Na minha troquei as sedes das agulhas que estavam estouradas.
Valeu.
Márcio escreveu: O dono anterior era meio relaxado, sabe. }:)

Concordo.
O anterior, anterior mesmo, quer dizer, no teu caso, o anterior do anterior....

:-D
GRUPO DE TROPEIROS - HERANÇA DE BRAVOS
Avatar do usuário
zébuscapé
Motoqueiro
Mensagens: 2712
Registrado em: 05 Jul 2008, 22:28
Localização: Porto Alegre

Re: HOW TO... desmontagem e limpeza do(s) carburadore(s)

Mensagem por zébuscapé » 12 Abr 2010, 12:36

Andrei escreveu:Valeu povo...

Zé, o carburador da Super T e o da Elefant 900 são iguais a esse... mudam o tamanho dos giclês apenas, mas o resto é igual...

Anzolim, como já disseram aí, ou é agulha/sede que não está vedando direito ou é bóia encharcada (pesada demais) ou ainda é o parafuso do dreno, mas se fosse esse último ainda sairia um pouco de combustível mesmo que vc fechasse a torneira (o que estivesse na cuba)...

Muito bom saber...

Um dos pontos que sempre fiquei com o pé atrás de fazer um up ou para uma super ou para uma elefant é os carburadores..
Na ténéré 600 que apesar de ser mono o carburador é de dois estágios já to , quase, prestando serviço para fora... :rof: ou seja me viro muito bem neles... notei que nestes da elefant não tem tanta coisa como imaginava e são , pelo que aparenta muito robustos.. aliás as as agulhas são bem parrudas ...

Pelo que entendi muda os giclês e algumas medidas de agulhas internos no resto é igual... já ouvi falar que a elefant 900 é até mais econômica que a super e que a elefant 750... será fato?

De qualquer forma este post me animou a pensar no futuro para um up de cilindros... ;-)
De supertenere 750 ano 1997
Responder